Jornalistas: Alguém ainda precisa ser a donzela em perigo??????

Olá Meus Caros Amigos e Amigas,

Como havia prometido em meu post sobre as Tartarugas Ninjas, hoje venho aqui falar com vocês sobre aqueles que substituíram os donzelas indefesas da idade dos contos e histórias da era medieval, se tonando os personagens que sempre precisam ser salvos pelos heróis: Os Jornalistas.

“O quê???? Jornalistas são princesinhas indefesas que sempre precisam ser salvas Sandro?”

Mais ou menos. Antes de mais nada quero agradecer ao Maurício Kanno pela colaboração, ele escreveu um TCC para o curso de Jornalismo da USP chamado Joranlismo nas histórias de Super-Heróis: Os Quadrinhos de Clark Kent a Peter Parker ,  muito legal, colhi muitas informações para escrever este post. O TCC do Mauricio fala sobre os Jornalista que são heróis, onde ele cita não apenas o Superman e o Homem-Aranha, mas também Tintin, entre outros.

Diferente do TCC do Mauricio, estou falando de outro esteriótipo do jornalismo nos quadrinhos,cinemas e afins, o de Donzela em Perigo. Não sei ao certo quando começou este esteriótipo, por isso vou utilizar a mais famosa e consagrada de todas as Jornalistas Donzelas em Perigo ever, Lois Lane. Lois Lane nasceu junto com o Superman, na Action e Comics #1 em 1938 e já introduzindo este esteriótipo.

250px-Action_Comics_1 lois-first-time

Mas por que os jornalistas ganharam esta imagem???? Bom vamos por desta maneira, quando se cria um personagem para dar suporte ao herói e estimulá-lo a ir realizar o seu grande ato heroico, é preciso pensar em como e por que este coadjuvante foi parar ali naquela situação. Com o  jornalismo podem colocar os personagens em qualquer lugar do mundo realizando qualquer ato que com certeza deixaria alguém muito bravo. A função do jornalista na nosso sociedade é de trazer as informações de interesse público a tona, revelando ao mundo casos de corrupção, crimes e afins. Então quem melhor para descobrir os planos diabólicos de dominação mundial de um gênio do mal ser capturada e aguardar a entrada triunfal do herói que se não algum jornalista??? Ainda usando uma suposta imagem de fragilidade feminina é um prato cheio para que o heroi machão arrebentar uma parede para salvá-la.

O jornalismo é uma função em que há sempre a possibilidade de encontrar uma situação de risco. Até aí tudo bem, o problema a transformar a profissão nas Donzelas em Perigo Modernas. Elas são bonitas, são atraentes, são inteligentes, são trabalhadoras, são  independentes e o mundo pode se acabar em caos mas o herói sempre, SEMPRE, vai salvá-las.

Ainda falando em Lois Lane, não podemos deixar de falar de uma das  cenas mais bizarras da história do cinema. Em Superman – O Filme ( 1978), Lois Lane morre após uma serie de eventos, o apaixonado Kal-El ao vê-la ali morta e faz o que é mais óbvio… voa ao redor do planeta em hipervelocidade para fazer a Terra girar ao contrário, voltar no tempo e salvar Lois Lane.

Não para salvar todas as pessoas que morreram, não para impedir uma catástrofe e sim para salvar sua donzela.

No ultimo filme do Superman, Man Of Steel (2013), Metrópolis estava ruindo e milhares de pessoas estavam morrendo mas o bom e velho Super apenas teve olhos para Lois Lane caindo do avião, após salvá-la eles se beijam.

É logico que Lois Lane não é a unica Jornalista Donzela Em Perigo (mas é maior de todas). Vejamos outras bem famosas…

Vicki Vale é a personagem de impressa mais famosa de Gotham City que já teve varias leituras diferentes. No filme Batman (1989) era a principal personagem feminina, sendo interpreta por Kim Basinger, ela era uma séria jornalista investigativa. Já no horrendo filme Batman & Robin (1997) foi apenas uma coadjuvante sem expressão, sendo mais uma colunista social que fala sobre os ricos e famosos. E lógico Vicki foi uma das milhares de mulheres que já namoraram Bruce Wayne. Definitivamente é uma das personagens mais inconsistentes das histórias do Homem-Morcego, mesmo assim esta presente em todas as mídias em que o Universo de Batman aparece, como no jogo Arkham City.

 

 

April O´Neil, a função dela com as Tartarugas Ninjas já bem diferente, o relacionamento entre eles sempre foi na base da amizade. Como gratidão das inúmeras vezes em que ela foi salva pelo quarteto mutante April também faz o papel de ligação das Tartarugas com o mundo, já que elas permanecem escondidas nos esgotos de Nova York.  No próximo filme das Tartarugas Ninjas será vivida pela Megan Fox, e que com certeza manterá o esteriótipo.

 

Jimmy Olsen, acho que é segunda maior Donzela em Perigo da história dos quadrinhos, perdendo apenas para Lois Lane e ele ser um homem não o faz deixar de sair do esteriótipo Jornalista Donzela em Perigo. Jovem fotojornalista do Planeta Diário de Metrópolis, Jimmy é assistente de Lois Lane e Clark Kent, se mete em problemas tanto quanto Lois e sempre que grita por socorro é acudido pelo Superman.

Ainda assim há aquelas que não entram no esteriótipo, mas acabam indo na contramão e se tornando alvo do ódio do publico, como  Sally Floyd. É, dentre todas as jornalistas acima, a menos conhecida e definitivamente a mais p$#%a loka, ela foi colega de Peter Parker no Clarim Diário, sempre que eles precisavam de uma jornalista em qualquer história da Marvel era Sally Floyd que aparecia. Ela interagiu e é conhecida por quase todos os heróis da Marvel, também todo mundo mora em Nova York. Mesmo assim Sally nunca vingou como personagem de destaque do Universo Marvel. Por que??? Bom, nem sempre ela fazia coisas que o publico iria gostar, tanto que em uma das sagas da Marvel fizeram esta tira…

Photobucket
definitivamente a #4 é a melhor “Vaí lá!! Devora nosso planeta, eu dúvido!!!”

Sally Floyd é alcoólatra e sempre tinha recaídas nas piores horas possíveis, mas enfim, as vezes era salva mas como qualquer outra pessoa e nunca teve um herói para chamar de seu.

Também temos um jornalista da Marvel, parceiro da Sally Floyd, que não é donzela em perigo e sempre nas grandes sagas da editora ele ganha histórias exclusivas. Estas histórias focam em como as pessoas comuns reagem aos grandes confrontos e destruições causadas por estes confrontos, ele é um exemplo de ética profissional.  Definitivamente é o melhor Jornalista Que Não é Herói, Ben Urich , ate teve uma participação naquela abominação que foi o filme do Demolidor (2003).

Aí minhas amigas dizem;

“Pô Sandro, mas o melhor jornalista que não é donzela em perigo é homem, que machismo!!!”

Concordo, realmente este esteriótipo me incomoda por que isto demonstra que ainda não somos tão inovadores e tão abertos a mudanças quanto deveríamos ser. Um personagem masculino ainda precisar de uma personagem feminina em perigo para agir é uma visão muito ultrapassada, e isso não se limita ao criadores, mas também ao publico. Vestidas de princesa ou com um microfone nas mãos, personagens femininas merecem mais destaque do que ser apenas aquelas que serão resgatadas pelos heróis. E transformar uma profissão tão vital para nossa sociedade quanto o jornalismo em bisbilhoteiras incheridas é horrível.

Podemos fazer melhor. Devemos fazer melhor.

Tenham todos um bom fim de semana…

Abraços,

Sandro Moura.

 

Anúncios

2 comentários em “Jornalistas: Alguém ainda precisa ser a donzela em perigo??????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s