Livro: A Morte é Legal de Jim Anotsu

Olá meus caros amigos e amigas,

Sabem, tomei uma decisão, falarei aqui no blog apenas sobre livros nacionais.

“Por que Sandro?”

Muito simples, a melhor maneira de incentivar a arte nacional é consumindo-a.

Então hoje vou escolhi falar sobre o ultimo livro que li. Nele temos um rapaz emo aspirante a escritor, sua irmã aspirante a rapper, a filha da Morte em uma jornada a procura dos nomes de um dos seres mais poderosos do universo, muitos seres misticos, William Shakespeare e uma coelha mal-humorada alérgica a si mesma. E você ai achando que sua vida era louca…

amorte

 

Neste livro acompanhamos na maior parte do tempo as historias individuais de dois irmãos, Andrew e Amber. Órfãos de mãe, os dois moram com o pai na pacata cidade de Dresbel na Inglaterra. Andrew é um rapaz emo que só fica em casa com seus livros, é perdidamente apaixonado pela melhor amiga e quer ser escritor, mas não consegue escrever seu primeiro livro. Já com Amber é diferente, ela quer se tornar uma grande rapper, é cheia de atitude e corre atras de seus sonhos. Amber apenas precisava encontrar seu caminho.

A história de Andrew muda quando Ive, filha caçula da morte, Princesa do Fim Inevitável, acompanhada de sua guia espiritual Prozy pede a ajuda do rapaz em sua jornada. Ive precisa encontrar os três nomes do Gato, o ser mais poderoso em noventa e sete universos, o Gato pode realizar dois desejos para quem encontrar estes nomes.

Ive oferece a Andrew um dos desejos em troca de sua ajuda, desesperado pelo amor não correspondido ele aceita e mergulha em um mundo mistico muito além da sua compreensão. É lógico que existem outras pessoas atras dos nomes do gato.

Existem muitas maneiras de se escrever bons livros e Jim Anotsu encontrou a dele.  Ele escreve capítulos curtos e objetivos e em cada capitulo o autor dedica a historia a um personagem especifico, intercalando as historias, em raras ocasiões lemos dois capítulos seguidos sobre o mesmo personagem . A Morte é Legal, é o segundo livro de Jim Anotsu, no primeiro Annabel & Sarah ele usou o mesmo recurso e funcionou muito bem. A história fica mais dinâmica, mantendo  o leitor curioso e entretido.

Outro ponto interessante são os personagens, são divertidos e muito bem trabalhados, mesmo Andrew sendo um emo chorão e molenga conseguimos gostar dele.  Mas o destaque vai a Prozy, ela foi uma criminosa do mundo espiritual e foi obrigada a se tornar guia espiritual de Ive, a parte divertida é que ela é alérgica a pelo de animais e foi transformada em uma coelhinha… resumindo ela é completamente mal-humorada e sarcástica.

Este livro foi escrito com prazer, percebemos isso em cara palavra, cada referencia, cada detalhe e isso faz com que A Morte é Legal mereça ser lido, então aproveitem para conhecer Jim Anotsu antes da Bienal do Livro deste ano, onde haverá o lançamento do terceiro livro dele.

E para finalizar este post a parte mais divertida do livro, alguns dos títulos dos capítulos, não há como descrever… apenas aproveitem…

“Eu dormi em Paris e acordei em Tóquio, não entre em pânico, por favor”

“As coisas que gostaria de falar para você, mas grito para um abacaxi”

“Eu cuidarei de seu coração como faço com minhas unhas: usando acetona e alicates”

“E todos os hipopótamos foram sacrificados num pote de maionese sem prazo de validade”

“Oh, não, o coelho zumbi está atrás do meu avô e ninguém poderá salvá-lo”

Abraços a todos

Sandro Moura

Anúncios

Um comentário em “Livro: A Morte é Legal de Jim Anotsu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s