TAG: Arrependimentos Literários

Arrependimento, nem sempre é uma coisa ruim, eu tenho me arrependido muito ultimamente, principalmente na literatura. Como já disse em outras postagens, me tornei um leitor assíduo recentemente, logo tem muita coisa que perdi. Este post servirá para botar para fora todos esses sentimentos.

stock-footage-girl-asleep-buried-under-book-stack-in-library-reading-room

Leiam também os posts desta TAG la no Momentun Saga, Meteorópole e Habeas Mentem.

1. Qual livro você se arrependeu de comprar porque “logo depois” encontrou por um valor bem mais baixo? 

As Cronicas de Artur Vol.2 – O Inimigo de Deus, essa doeu no coração e no bolso, comprei o Vol.1 – O Rei do Inverno em promoção e estava doido para ler o segundo. Procurei em varias lojas e só achava por R$45 e R$50, comprei por R$ 45 , logo depois teve uma mega promoção do dia do livro e ele estava por R$25.

2. Qual livro você se arrepende por não ter lido antes?

Vários, mas no momento carrego o arrependimento de jamais ter lido Terry Pratchett, na verdade fui conhecê-lo semana passada com a noticia de sua morte. Por favor não me linchem.

brz

3. Se arrependimento matasse, qual livro lido seria o responsável?

Um Toque de Morte de Luiza Salazar, um livro da Editora Draco que faz livros muito bons, eu ja fiz varias resenhas dos Dragões aqui. Mas Um Toque de Morte não rolou, tanto que nem resenha fiz. Prefiro ficar calado ao invés de detonar algo ou alguém.

4. Em relação ao mundo literário, do que mais se arrepende? 

Ter lido muito mais, quantos universos deixei de descobrir por que achava “Literatura muito chata”. Essa imagem que os adolescentes tem da literatura é culpa das escolas. Ao invés de desenvolver o gosto literário das crianças com obras atuais e mais dinâmicas, não, ficam obrigando a leram clássicos, clássicos e mais clássicos. Nenhum jovem vai gostar de um livro e adquirir gosto pela leitura, lendo algo escrito a 100 anos atras com um português incompreensível.

5. Já se arrependeu por emprestar algum livro? 

O Silmarilion, emprestei para um amigo que só havia lido a trilogia do Senhor dos Aneis, depois disso ele foi morar na Europa e nunca mais vi meu livro.

rain

6. Qual autor você não se arrepende de ter dado uma chance?  

Eduardo Kasse, ele se dedica as pesquisas arduamente para compor a melhor ambientação possível. O leitor se sente em uma idade média real, com muita lama e condições precárias de vida.

7. Se você tivesse que escolher apenas um autor para ler pra sempre, escolheria sem arrependimentos…

Jim Anotsu, não são apenas obras de fantasia modernas. Falam sobre respeito e igualdade de um forma que apenas Jim consegue.

8. Uma frase relacionada a esse sentimento: 

“O passado é história, o futuro é mistério e o hoje é uma dádiva. Por isso é chamado presente.”

– Proverbio Chinês (que ficou muito bem dito por aquela tartaruga no Kung Fu Panda)

kfp

A TAG é livre galera, quem quiser participar, faz e me mande o link.

Anúncios

Um comentário em “TAG: Arrependimentos Literários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s