O Que Tem de Bom no Netflix??? #005 Lunar (Moon, 2009)

Um filme não precisa ser grandioso, comLunar 01 um elenco imenso e um orçamento astronômico para ser excelente. Precisa ser criativo, inovador e bem feito.

Esse é Lunar, um filme único com um elenco enxuto e uma atuação magistral de Sam Rockwell que custou apenas 5 milhões de dólares.

Meu contato com este filme foi devido a sugestão de Lady Sybylla, blogueira de ficção cinetífica, eu queria referências de filmes e livros com clones e dentro da lista  que ela me passou estava Lunar.

O filme é dirigido por Duncan Jones (filho do camaleão David Bowie) e conta a historia de Sam Bell. Sam é único operário de uma industria energética que habita a Lua, sua função é vistoriar as maquinas que extraem Hélio-3, uma substancia raríssima na terra e abundante na lua capaz de alimentar inúmeras usinas termo nucleares.

O turno de 3 anos de Sam está próximo ao fim, mas ao sair para vistoriar uma das extratoras sofre um acidente. De repente vemos a sequencia de Sam sendo acordado na enfermaria da estação lunar pelo robô Gerty, sem entender como ele foi parar lá, o que faz muito sentido já que o Sam que vimos no começo do filme ainda está preso no local do acidente.

Ambos Sam Bell que vemos são clones e eles descobriram isso da pior maneira possível. Lunar 02

A cada três anos os clones morrem e são substituídos como se fosse apenas mais uma troca de turno. O convívio inesperado entre os dois Sam os fazem ter um choque de realidade que machuca ambos emocionalmente. Principalmente para o clone que sofre o acidente, seu prazo de três anos está acabando e seu corpo já começa a se deteriorar.

Nesse filme vemos como a clonagem pode vir a ser utilizada como uma nova forma de escravidão por grandes companhias, também nos traz ao debate de quais direitos um clone pode gozar. Seria ele um indivíduo com direitos ou uma propriedade de uma companhia?

Outro ponto fantástico no filme é a IA Gerty,Lunar Gerty dublada por Kevin Spacey. A programação do robô o obriga a mentir para Sam e seguir as instruções da encenação armada pela companhia de que Sam não é um clone, entretanto Gerty se rebela, criando sentimentos e revelando os segredos para os dois clones, os auxiliando no fim do filme. Suas expressões por emojis o tornou mais vivo do que muitos atores de verdade. Quando o primeiro Sam percebe de que vai morrer Gerty até chora, demonstrando empatia.

Lunar Gerty 00

Lunar é um filme fantástico que deve ser assistido quantas vezes forem possíveis. Bom filme e boa semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s